Páginas

Clique aqui e acesse!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Lançamento da Escola de Conselhos da Bahia reúne autoridades no CAB

UNEB/ Henrique Soares Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação 

xxxxxxxxx
Adriana falou sobre origem da Escola a partir de curso do Nuec da Proex. Fotos: Juliana Cardoso/ascom


A Escola de Conselhos do Estado da Bahia — ideia que surgiu a partir de um curso do Núcleo de Ética e Cidadania (Nuec) da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da UNEB — foi lançada na manhã de hoje (21), em cerimônia que reuniu conselheiros, prefeitos e secretários, no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

xxxxxxx
Moema Gramacho destaca que UNEB será fundamental para sucesso da Escola
A mesa solene contou com a participação da vice-reitora da UNEB, Adriana Marmori — que representou o reitor Lourisvaldo Valentim —, a secretária de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, Moema Gramacho (Sedes), o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Yulo Oiticica, o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Ceca), Edmundo Kroger, e a titular da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado da Bahia (Acteba), Antonia Luzia Santos, além de outras autoridades e representantes.

Moema Gramacho fez um balanço de diversas conquistas alcançadas para crianças nos últimos dez anos, a exemplo da redução da mortalidade infantil. Ela também destacou a UNEB como importante parceira na concretização da Escola de Conselhos. “A UNEB será fundamental para seu sucesso”.


Já Adriana Marmori explicou como se originou a Escola a partir de um curso na universidade e sugeriu: “Busquem também formar professores das escolas de ensino básico pois, no dia a dia, muitas crianças escolhem seus professores para relatar abusos e maus-tratos sofridos. Por isso, essa Escola deve ser vista como um espaço construído coletivamente por todos os que acreditam na aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente”.

xxxxxxxxx
Yulo Oiticica destacou que Escola de Conselhos tem o papel de propor as mudanças necessárias.

Yulo Oiticica destacou que Escola de Conselhos tem o papel de propor as mudanças necessárias.
O deputado Yulo Oiticica destacou que a Escola lançada para os conselheiros tem o papel não só de diagnosticar mas de propor as mudanças necessárias.
Durante a cerimônia, foi exibido vídeo explicando sobre o aplicativo para smartphones e tablets Proteja Brasil, resultado de uma parceria entre o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan, da Bahia.

Os primeiros cursos serão realizados nas cidades de Salvador, Barreiras, Juazeiro e Ilhéus. A ideia, de acordo com a secretária Moema, é ampliar a regionalização da realização dos cursos.

Fonte: UNEB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.

.

.